Controle financeiro: 10 dicas cruciais para prestador de serviços!

Domine Suas Finanças As 10 Dicas Cruciais Para Prestadores De Serviços Terem O Controle Financeiro! - Barão Assessoria Contábil

Compartilhe nas redes!

Domine suas Finanças: As 10 Dicas cruciais para Prestadores de Serviços terem o Controle Financeiro!

Confira no nosso artigo tudo que você precisa saber para possuir um controle financeiro eficiente!

O controle financeiro, é sem dúvidas, uma das atividades mais fundamentais para todos os prestadores de serviços que querem manter suas finanças sob controle. 

Mas afinal, você sabe como fazer isso de forma eficiente e sem complicação? 

Assim, escrevemos este artigo, para te mostrar algumas dicas e ferramentas que podem te ajudar a gerenciar melhor as suas finanças e garantir a saúde financeira da sua empresa. 

Acompanhe mais a seguir e confira tudo que você precisa saber!

O que é o controle financeiro para prestadores de serviços?

Em resumo, o controle financeiro para prestadores de serviços é o conjunto de ações e ferramentas que permitem gerenciar as entradas e saídas de dinheiro do negócio, além de

planejar e acompanhar os resultados financeiros. 

Certamente, o controle financeiro envolve registrar, organizar, analisar e monitorar todas as movimentações financeiras, como:

  • Receitas;
  • Despesas;
  • Custos;
  • Impostos;
  • Lucros.

Assim, o controle financeiro para prestadores de serviços tem algumas particularidades em relação a outros tipos de negócios, como:

  • A receita depende da quantidade e do valor dos serviços prestados, que podem variar conforme a demanda, a sazonalidade, a negociação.
  • Os custos podem ser fixos ou variáveis, dependendo do tipo de serviço, dos recursos necessários, da mão de obra.
  • Os impostos podem ser diferentes conforme o regime tributário escolhido, o porte do negócio, o tipo de serviço.
  • O fluxo de caixa pode ser irregular, pois os pagamentos podem ser à vista, parcelados, antecipados, atrasados.

Por isso, o controle financeiro para prestadores de serviços requer uma atenção especial e uma gestão adequada, para evitar problemas como:

  • Falta de capital de giro;
  • Inadimplência;
  • Endividamento;
  • Perda de competitividade.

Quais os benefícios do controle financeiro para prestadores de serviços?

Com toda certeza, o controle financeiro para prestadores de serviços traz uma série de benefícios para o negócio, como:

  • Certamente, melhora a organização financeira, evitando atrasos, erros, fraudes, desperdícios.
  • De fato, aumenta a visibilidade financeira, permitindo conhecer a situação atual e projetar cenários futuros.
  • Além disso, facilita a tomada de decisão, baseada em dados e indicadores financeiros confiáveis.
  • Ademais, otimiza o uso dos recursos financeiros, buscando reduzir custos, aumentar receitas, melhorar a rentabilidade.
  • Inegavelmente, aumenta a competitividade, oferecendo serviços de qualidade, com preços justos e condições favoráveis aos clientes.
  • Com toda certeza, garante a sustentabilidade financeira, assegurando a capacidade de honrar os compromissos, investir no crescimento e gerar valor para o negócio.

Quais são os passos para um controle financeiro eficiente para prestadores de serviços?

Anteriormente, te apresentamos tudo que você, prestador de serviços, precisa saber sobre o controle de finanças, como o que é e os benefícios.

Dessa maneira, iremos te apresentar algumas dicas cruciais para você realizar um controle de finanças de maneira eficiente e segura em sua prestadora de serviços. 

Confira a seguir os passos fundamentais para a realização dessa atividade:

  • Primeiramente, defina os objetivos financeiros do negócio, como faturamento, lucratividade, retorno sobre o investimento.
  • Em segundo lugar, escolha o regime tributário mais adequado ao tipo de serviço, ao porte do negócio, à margem de lucro.
  • Por conseguinte, separe as finanças pessoais das finanças do negócio, evitando misturar contas, retirar dinheiro sem critério.
  • Ademais, registre todas as movimentações financeiras, usando ferramentas como planilhas, softwares, aplicativos.
  • Inegavelmente, categorize as movimentações financeiras, conforme o tipo, a origem, o destino, a data.
  • Por fim, controle o fluxo de caixa, acompanhando as entradas e saídas de dinheiro, previstas e realizadas, diariamente, semanalmente, mensalmente.
  • Fazer o planejamento financeiro, estimando as receitas, as despesas, os custos, os impostos, os lucros, para um determinado período, como um mês, um trimestre, um ano.
  • Analisar os resultados financeiros, comparando o planejado com o realizado, identificando desvios, causas, efeitos, soluções.
  • Acompanhar os indicadores financeiros, como faturamento, lucratividade, rentabilidade, liquidez, endividamento., verificando se estão nos padrões esperados, do mercado, da concorrência.
  • Revisar e ajustar o controle financeiro, sempre que necessário, para adequá-lo às mudanças internas e externas, às oportunidades e ameaças.

Controle suas finanças com uma contabilidade especializada! 

Nós, da Barão Assessoria Contábil EIRELI, te auxiliamos nesse controle tão fundamental para a sua carreira de prestador de serviços!

Conte com nossos serviços especializados e eficientes, para que você desfrute dos benefícios de poder focar nas atividades que realmente são necessárias para o crescimento da sua empresa!

Entre em contato conosco e controle suas finanças o quanto antes!

Diminua custos e aumente lucros com o controle financeiro!

5/5 - (1 vote)

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Contrato de prestação de serviços: guia completo Descubra o que…
Podemos te ajudar? 💙